Uma virtualização de servidores sem intermediários envolvidos

Indicações de virtualização codificadas como parte do kernel

O traço distintivo mais importante entre os KVM Virtual Private Servers e a maioria dos servidores virtuais é mesmo a tecnologia de virtualização. Por meio dos Servidores KVM, não há necessidade de qualquer aplicativo de virtualização adicional a ser executado no servidor- alternativa mente os procedimentos do software que se precisam estão sendo compiladas no interior do sistema operativo do próprio host. O que reduz ao mínimo bastante os recursos que o servidor tem de reservar para poder rodar programas adicionais de maneira que estes recursos ficam disponíveis a favor das máquinas de convidado. A eliminação da camada adicional de comunicação além disso reduz o tempo de atraso de entrada/saída, fazendo efetivamente com que seu VPS corra muito mais rápido.
Uma virtualização de servidores sem intermediários envolvidos

Acesso rápido às capacidades do servidor reservado

Aproveitamento dos recursos de servidor reservado especialmente para você

O método inovador de virtualização cuja função principal consiste em configurar Servidores Privados Virtuais KVM permite a eles utilizar melhor os recursos do servidor disponíveis. A solução KVM fica integrada no sistema operativo do host facilitando a comunicação direta entre as máquinas guest e o servidor físico, sem ser preciso que se passe por um elo de virtualização com cada consulta. Este tipo de redundância de comunicação reduzida resulta em uma melhoria considerável na performance dos VPS.
Acesso rápido às capacidades do servidor reservado

Pleno controle no que se refere ao SO

Liberdade ilimitada na instalação daquele SO que tiver selecionado

Uma das limitações dos Servidores Privados Virtuais, frente aos servidores reservados sobretudo é o SO por si mesmo – no caso comum você não tem outra opção senão escolher um dos sistemas operacionais aprovados pelo provedor. Com um KVM Virtual Private Server, não obstante, você pode pôr mais ou menos cada sistema operativo capaz de funcionar corretamente com o seu servidor e o hardware do servidor central. Isso é possível graças ao funcionamento sem análogo da virtualização KVM. KVM forma parte integrante do SO do servidor físico, que vem ajudar para se conseguir manter uma comunicação direta entre as máquinas hóspedes e o hardware, sem a necessidade de mais um elo de comunicação, que existe em muitas outras soluções de virtualização.
Pleno controle no que se refere ao SO
  • Centro de Dados em EUA
  • Centro de Dados em EUA

    Steadfast, Chicago, IL